Skip to content

riahudbiosemconsmiddmandbeetcitonacor.co

commit error. can defend the position. Write..

Category: Jazz

9 thoughts on “ Luar do Sertão

  1. Luar como esse do sertão Ó, que saudade do luar da minha terra Lá na serra branquejando folhas secas pelo chão Esse luar lá na cidade tão escuro Não tem aquela saudade Do luar lá do sertão Se a lua nasce por detrás da verde mata Mas parece um sol de prata Prateando a solidão E a gente pega a viola que ponteia E a canção e a lua cheia.
  2. Olhando a lua do seu portão. Do seu ladinho te namorando Te oferecer o luar do meu sertão. Pegar suas mãos e declamar Uma Linda poesia de paixão. Te beijar a boca com amor Olhando o luar do meu sertão. É tão bonito esse lugar Cheio de flores, flores de cactos. Pisar nesse chão cheio de histórias Coisas que aconteceu de fato.
  3. Este luar cá da cidade tão escuro Não tem aquela saudade, do luar lá do sertão! Se a lua nasce por detras da verde mata Mais parece um sol de prata, prateando a solidão E a gente pega na viola e ponteia E a canção e a lua cheia, a nascer no coração Não há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertão Não há, ó gente, oh! Não.
  4. Luiz Gonzaga - Luar do Sertão (Letras y canción para escuchar) - Não há, ó gente, ó não / Luar como esse do sertão / Não há, ó gente, ó não / Luar como esse do sertão / / Oh! Que saudade do luar da minha terra / Este luar cá da cidade tão escuro / Não tem aquela saudade do luar lá do sertão.
  5. Luiz Gonzaga - Luar do Sertão (Letra e música para ouvir) - Não há, ó gente, ó não / Luar como esse do sertão / Não há, ó gente, ó não / Luar como esse do sertão / / Oh! Que saudade do luar da minha terra / Este luar cá da cidade tão escuro / Não tem aquela saudade do luar lá do sertão.
  6. Programa LUAR Do Sertao, viçosa-mg. likes. EM DEFESA DO SERTANEJO RAIZ E JOVEM GUARDA, O PROGRAMA LUAR DO SERTAO VAI .
  7. LUAR DO SERTÃO João Pernambuco e Catulo da Paixão Cearense “Não há, ó gente, oh não, Luar, como este do sertão. ” (refrão) Oh que saudade do luar da minha terra, Lá na serra branquejando, Folhas secas pelo chão, Esse luar cá da cidade, tão escuro, Não tem aquela saudade, Do luar lá do sertão. (refrão) Se a lua nasce por.
  8. Directed by Tito Batini, Mário Civelli. With Fernando Baleroni, Nhá Barbina, Nena Batista, Bina Bergamo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *